Mais de 160 instituições terão que prestar contas de gestão junto ao TCE referente ao exercício de 2018.

Mais de 160 instituições terão que prestar contas de gestão junto ao TCE referente ao exercício de 2018.

Entre a jurisprudência e o jogo político
Prefeitura de Catende demite diversos funcionários públicos por recomendação do TCE

Por: Mezaabe Vitor – em busca da informação

O Tribunal de Contas de Pernambuco ( TCE/PE ) publicou uma lista nesta última quarta-feira (03) com os nomes das instituições estaduais e municipais que deverão prestar contas de suas gestões do exercício de 2018.

Na resolução de nº 56, divulga as unidades jurisdicionadas, selecionadas mediante critérios de materialidade, relevância e risco, que terão processos na modalidade Prestação de Contas de Gestão instaurados, para fins de instrução e julgamento, referentes ao exercício de 2018.

Ao total são 164 órgãos públicos, na lista constam nomes de importantes órgãos do estado, entre eles: ADAGRO (Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária), AD-DIPER (Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco) APAC (Agência Pernambucana de Águas e Clima) APEVISA (Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária) ALEPE (Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco) EMPETUR (Empresa de Turismo de Pernambuco) FUNASE (Fundação de Atendimento Socioeducativo) SDS (Secretaria de Defesa Social) SEE (Secretaria de Educação) entre outros órgãos do estado.

No âmbito municipal, diversas Câmaras de vereadores entraram na lista como: Bezerros, Agrestina, Camocim de São Félix, Maraial, São bento do Una, Sirinhaém, Palmares, e outras…

Diversas prefeituras também terão que prestar contas ao TCE como a de Água Preta, Barreiros, Caruaru, Maraial, São Joaquim do monte, Sirinhaém, Palmares entre outras…

CONFIRA A LISTA COMPLETA AQUI.

Gestores de algumas cidades comemoram por não estarem na lista. Entre eles o prefeito do município de Cortês, na Mata Sul do Estado. “Estamos fazendo apenas a nossa obrigação. Isto também mostra que estamos realizando um trabalho sério e comprometido, com tudo dentro da legalidade e prestando contas aos órgãos responsáveis, para que a nossa cidade se torne referência em todo estado”, disse Reginaldo Morais.

COMMENTS

WORDPRESS: 0