Agricultores paralisam obras da adutora da COMPESA em Bonito

Agricultores paralisam obras da adutora da COMPESA em Bonito

Em Amaraji, Polícia Militar Despeja 200 Famílias De Agricultores Sem-Terra
Em nota, COMPESA diz que esta dando assistência aos agricultores de Bonito, para minimizar os transtornos na construção da adutora

Desde o início das obras da adutora da COMPESA que irá levar água da Barragem de Serro Azul em Bonito para diversas cidades do agreste Pernambucano, agricultores da área rural de Bonito vem sofrendo diversos transtornos no percurso que está passando as tubulações.

Os agricultores dos sítios: Colônia, Riacho Claro, Estreito e Moscou acusam a atual construtora de está fazendo péssimos serviços, e não cumprir com os acordos feitos com moradores das localidades, onde prometeram melhorias em todo acesso, para facilitar o escoamento das lavouras, já que a estrada que está sendo danificada, é o principal acesso e que movimentam grande parte da economia do município e abastecem grandes centros comerciais como a CEACA em Caruaru e CEASA no Recife.

“A tubulação está passando no meio das estradas, a primeira empresa que começou as obras fizeram um estrago em nossas rodagens e foram embora. Agora, chegou outra empresa e está fazendo pior, queremos apenas que cumpram seus acordos e deixem as nossas estradas dignas para o escoamento das nossas lavoras, já que foi liberado milhões para essas obras”. Disse um agricultor. 

Segundo ainda os moradores, a empresa está deixando a terra solta, sem usar o compressor, o que em pouco tempo, está cedendo e deixando grandes buracos, pior do que estavam as estradas.

Os moradores informaram também que se as melhorias nas estradas não acontecerem, as obras continuaram paralisadas e protestos irão acontecer em diversas partes da cidade.  

Por: Mezaabe Vitor

COMMENTS

WORDPRESS: 0