Onda de ataques hackers se espalha pelo mundo

Onda de ataques hackers se espalha pelo mundo

Em Bonito Netcell conta com planos 100% em Fibra Óptica.
WhatsApp deve limitar encaminhamento de mensagens em todo o mundo

Um ataque cibernético sem precedentes tem se espalhado rapidamente pelo mundo todo nesta sexta-feira, 12. Há relatos de que mais de 70 países foram afetados pelo chamado “Wanna Cry 2.0”, incluindo órgãos públicos e empresas privadas no Brasil.

O site MalwareTech, que rastreia botnets e vírus que se espalham pelo planeta em tempo real, montou um mapa atualizado minuto a minuto mostrando a evolução do novo ataque. Você pode conferir o gráfico mostrando todos os ataques aqui, e um outro com cada ataque acontecendo em tempo real aqui.

O ataque consiste em um ransomware, programa malicioso que criptografa todos os arquivos de um computador e só os devolve mediante o pagamento de um resgate. Os autores do ataque estão pedindo 300 bitcoins para liberar o acesso às mais de 70 mil máquinas infectadas ao redor do mundo.

Telecomunicações

A empresa espanhola de telecomunicações Telefónica (que opera no Brasil como Telefônica Vivo) também foi afetada pelo ataque. Em nota enviada pela empresa ao Olhar Digital, a empresa informou que “na manhã de hoje, foi detectado um incidente de segurança cibernética [na Telefónica Espanha] que afetou alguns computadores de colaboradores que estão na rede corporativa da empresa”. A empresa então ativou o protocolo de segurança para fazer os sistemas voltarem a funcionar.

O malware

A Avast informou em comunicado à imprensa que o malware usado nos ataques é o WannaCrypt0r 2.0. Segundo o líder do laboratório de ameaças da empresa, Jakub Kroustek, “observamos um pico maciço de ataques do WannaCrypt0r 2.0, com mais de 36 mil detecções até agora”. Segundo ele, a maior parte dos ataques está direcionado a Rússia, Ucrânia e Taiwan. A infecção pelo malware pode acontecer quando o usuário abre um anexo de e-mail ou acessa um site que ativa o ataque por meio de um link malicioso.

Segundo a Avast, o ataque de hoje afetou 85% dos computadores da Telefónica na Espanha. Por lá, os funcionários teriam sido orientados a desligar seus computadores e voltar para casa. Embora o malware possa ser removido dos computadores, caso ele tenha afetado os dados dos funcionários e a empresa não tenha backup, o problema será ainda mais sério.

Fonte: Olhar Digital 

Matéria por: Voz da Mata Sul

COMMENTS

WORDPRESS: 1
  • comment-avatar

    Ola! Obrigado por compartilhar! este é um grande recurso.