Juiz decide, eleição da mesa diretora do sindicato dos servidores em Cortês foi legitima.

Juiz decide, eleição da mesa diretora do sindicato dos servidores em Cortês foi legitima.

SINSMUCBG faz trabalho voluntário importante na recuperação dos municípios.
Presidente do SINSMUCBG, Enilson Quintino, é destaque na Mata Sul Pernambucana.

A eleição para mesa diretora do sindicado dos servidores municipais de Cortês foi rodeada de polêmicas entre à atual gestão e a oposição intitulada “chapa independente”. Realizada as eleições, à atual gestão do sindicato foi reeleita, mantendo Enilson Quintino como presidente. Após a vitória do mesmo, a chapa de oposição entrou com um processo na justiça informando que houve fraudes nas eleições.

Nesta última quinta-feira (26-07) o juiz de direito da comarca de Cortês, Dr. Antônio Carlos dos Santos, decidiu  extinguir o processo mantendo Enilson Quintino como presidente, segundo o Juiz as eleições foram feitas de forma estatutária: ” Os documentos acostados à petição, comprovam, cabalmente, a realização das eleições
sindicais do SINSMUCBG, sendo atendidos todos os trâmites legais previstos no Estatuto da mencionada entidade sindical. “ disse o jurista em seus argumentos.

O presidente e a chapa reeleita, comemoraram com a decisão. Em conversa com a nossa equipe, Quintino disse: ”  Estava tranquilo, pois trabalho de forma ética e transparente. Todos tem o direito garantido por lei de indagar tudo aquilo que achar certo ou errado. Neste caso o Juiz analisou e julgou, a eleição foi realizada dentro do nosso estatuto, quem me conhece sabe do meu compromisso com os servidores, mesmo diante dessa situação estava em busca de melhorias para o nosso sindicato, o trabalho não parou e não vai parar, a luta continua…”

Além dos servidores e figuras públicas, Enilson contou também com o apoio de uma das principais federações sindicais como a FESIASPE (Federação dos Sindicatos e Associações dos Servidores Públicos em Pernambuco) e UGT (União Geral dos Trabalhadores) que nas redes sociais comemoraram. “Parabéns Enilson foi feito justiça e o sindicato continua sendo administrado por um companheiro combativo que defende os servidores do município” disse Gustavo Valfrido, Presidente da UGT.

Para ler a decisão do juiz na integra CLIQUE AQUI!

Voz da Mata Sul – em busca da informação.

 

 

 

COMMENTS

WORDPRESS: 0