Bando rouba 60 toneladas de feijão em Barreiras

Bando rouba 60 toneladas de feijão em Barreiras

CORTÊS-PE:Foi oficializado os nomes de Reginaldo Morais para a Prefeito e para Vice Eduardo Farias pelo PSB
Ligações entre 587 municípios vizinhos ficarão mais baratas a partir de domingo

Feijão está tão caro que já está sendo roubado. Uma carga com cerca de 1.000 sacas do grão foi roubada em uma fazenda no anel da soja, em Barreiras, na região oeste da Bahia. De acordo com a Polícia Militar, cinco homens armados invadiram a fazenda roubaram as mil sacas, o equivalente a 60 toneladas do grão. O crime aconteceu no sábado, 2, e até a esta segunda-feira, 4, nenhum suspeito foi encontrado.

A PM informou ainda que, os bandidos renderam o encarregado e a esposa dele e utilizaram três caminhonetes para levar o produto do roubo. Uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe Cerrado) foi acionada pelo proprietário da fazenda quando ele percebeu que a propriedade havia sido invadida.

Ainda foram roubados um veículo, duas TVs, uma motosserra, cinco máquinas de solda, duas furadeiras e duas lixadeiras, além de uma quantia de R$ 500, informou a polícia.

carga

Uma das linhas de investigação da Polícia Civil aponta o envolvimento de pessoas ligadas à fazenda e que possuiam informações privilegiadas  sobre a produção do grão.

Segundo o delegado Leonardo de Almeida, titular da Delegacia de Luiz Eduardo Magalhães, há possibilidade de que ex-funcionários ou até mesmo funcionários da fazenda possam ter participação no crime. “Estamos investigando alguns nomes. Provalmente, alguém que trabalhou ou trabalha com ele [dono da fazenda] passou essas informações”, analisou Almeida.

Entenda o caso

Segundo o delegado Leonardo Almeida, as vítimas relataram que 10 homens participaram da ação e que, no momento, seis funcionários estavam no imóvel. “Eles foram amarrados, amordaçados e presos em cômodos da fazenda. Graças a Deus, ninguém ficou ferido”, contou ele.

Além da carga de feijão, os criminosos levaram uma caminhonete Fiat Strada,  prata (JRX-4247), duas TVs 42 polegadas, uma motosserra, cinco máquinas de solda, duas furadeiras, duas lixadeiras e R$ 500.

“O prejuízo não foi estimado. Mas foi um prejuízo relativamente grande, pelo preço que o feijão está…”, avaliou o titular. A partir de agora, o caso será apurado pelo delegado Carlos Cruz Ferro, titular da Delegacia de Riachão das Neves. O MASSA! tentou falar com ele, mas não obteve êxito

Fonte:Jornal A Tarde

COMMENTS

WORDPRESS: 0