Dois homens deram apoio à fuga de três internos da FUNASE, no Cabo

Dois homens deram apoio à fuga de três internos da FUNASE, no Cabo

Operação em 6 estados e no DF investiga desvio de R$ 90 milhões de fundo previdenciário.
VÍDEO | Homem com faca tenta assaltar criança de 10 anos no Cabo de Santo Agostinho.

Um resgate de três jovens do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, teve tiros e um agente socioeducativo ferido, segundo a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (28).

Todos os fugitivos têm 18 anos e fugiram escalando o muro da unidade. Eles tiveram o apoio de pelo menos, dois homens armados, que atiraram para dentro da unidade pelo lado de fora, apontou a Fundação. O trio não foi recapturado até o meio-dia.

O agente socioeducativo, que foi baleado no braço, recebeu atendimento no Hospital Mendo Sampaio, no mesmo município, e já recebeu alta. A fundação afirmou, ainda, que não houve tumulto no momento do ocorrido, e os demais internos não se envolveram no caso.

Atualmente, a unidade do Cabo de Santo Agostinho conta com 205 internos, sendo que a capacidade é para 170. “O Case Cabo conta com 78 agentes socioeducativos de plantão, número compatível com a proporção definida pelo Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase)”, disse ainda a fundação, através de nota à imprensa.

Fonte: G1

COMMENTS

WORDPRESS: 0