Mãe de dois filhos vende seu leite materno para homens que possuem fetiche e fatura mais de R$ 20 mil.

Mãe de dois filhos vende seu leite materno para homens que possuem fetiche e fatura mais de R$ 20 mil.

Ela vende seu leite materno, para homens que têm fetiche pelo produto, em entrevista ao The Sun , Rafaela disse que: “O leite estava lotando o meu freezer.

Todos sabemos que o leite materno é essencial para o desenvolvimento de um bebê. Ele contém todos os nutrientes, proteínas, açúcar, gordura e vitamina

Policia Rodoviária Federal fecha importante parceria com sindicato dos guardas da Mata Sul de PE
Bonito-PE: Vereador Pedro do Rodeador Solicita em requerimento a volta do Clube Maguary.
Saiu o Edital:Governo de Pernambuco anuncia concurso para 1,5 mil policiais militares
Avião da Universal será leiloado pela Receita em SP
Avança projeto que permite publicidade paga em rádios comunitárias.
Vereador Salatiel Cortez
Todos sabemos que o leite materno é essencial para o desenvolvimento de um bebê. Ele contém todos os nutrientes, proteínas, açúcar, gordura e vitaminas que a criança necessita até os 6 meses para crescer e se desenvolver com saúde.
Só que Rafaela Lamprou, de 24 anos, moradora da cidade de Larnaca, no Chipre, encontrou uma nova função para o leite materno. A sete meses atrás, Rafaela teve seu segundo filho, com isso, começou a produzir leite em demasia e decidiu tornar isso um negócio. Isso mesmo, você não leu errado!

Só que Rafaela Lamprou, de 24 anos, moradora da cidade de Larnaca, no Chipre, encontrou uma nova função para o leite materno. A sete meses atrás, Rafaela teve seu segundo filho, com isso, começou a produzir leite em demasia e decidiu tornar isso um negócio. Isso mesmo, você não leu errado!

Primeiramente, ela começou doando seu leite para mulheres que não conseguiam produzir uma quantidade satisfatória para seus bebês, porém, ela foi muito além e passou a comercializar seu leite materno para homens. Você deve estar se perguntando: Como assim?
Ela vende seu leite materno, para homens que têm fetiche pelo produto, em entrevista ao The Sun , Rafaela disse que: “O leite estava lotando o meu freezer. Não sabia o que fazer. Comecei a doar a mulheres no Chipre e no Reino Unido”. “Comecei a receber pedidos de homens. Homens que querem ajuda para ganhar músculos e outros que querem (o leite) por fetiche. Eles me dizem que o consomem”.
No início ela disse que achou estranho: “Era esquisito dar o meu leite a homens com fetiche, mas depois acabei não me importando mais. Tenho a mente aberta”, afirmou Rafaela, que hoje considera a atividade “viciante”.
Qual a venda de seu leite materno a homens, Rafaela já faturou o equivalente a R$ 20 mil. Ela ainda garante que seu marido não tem ciúmes e que lhe da todo o apoio.
Temos que concordar que é uma atividade bem estranha uma mulher vender seu leite materno para homens que possuem fetiche.( F7 Notícias ).
Voz da Mata Sul – Em buscar da informação.

COMMENTS

WORDPRESS: 0