Pernambuco registra 2º caso suspeito de febre amarela.

Pernambuco registra 2º caso suspeito de febre amarela.

O paciente é um morador de Brasília, que passou recentemente por uma área de risco na Bahia, e veio até o Recife de férias. Ele foi atendido e liberado, mas exames complementares irão avaliar o caso

Pernambuco registrou nesta quarta-feira (17) o segundo caso suspeito de febre amarela. O paciente é um morador de Brasília, que passou pela Bahia rece

Anvisa proibe venda de 17 lotes de descongestionante nasal.
Alerta de chuvas moderadas a fortes na Mata Sul, RMR e Agreste até o sábado.
Pai e filho morrem afogados no rio Sirinhaém no município de Cortês.
Especialistas alertam para o perigo de pagar multas com cartão de crédito.
Os perigos que um mergulho no rio esconde.
FAINTVISA - FACULDADE DA VITÓRIA

Pernambuco registrou nesta quarta-feira (17) o segundo caso suspeito de febre amarela. O paciente é um morador de Brasília, que passou pela Bahia recentemente, considerada área de risco pela Organização Mundial de Saúde, e estava de férias no Recife. O homem, que não teve a idade divulgada, foi atendido em uma unidade de saúde da capital nessa terça (16) e afirmou que havia se vacinado contra a doença antes da viagem.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que o paciente, que apresentou sintomas como febre e dores de cabeça e no corpo, foi liberado ainda na terça-feira. O órgão reforçou que, apesar de ele estar imunizado contra a doença e não se encaixar na definição do Ministério da Saúde para caso suspeito, o paciente foi notificado pela unidade de saúde por ter passado por uma área de risco. Amostras laboratoriais foram coletadas e serão analisadas por um laboratório de referência nacional.

Vacinação

 

A SES destaca que, por não haver risco de transmissão da doença no Estado, o Ministério da Saúde considera Pernambuco como área sem recomendação de vacina. Sendo assim, não há a necessidade de vacinação para seus residentes e para os turistas que visitam o Estado. A vacina só é indicada para aqueles que moram ou viajarão, por motivo de férias ou trabalho, para as áreas com recomendação de vacina devido ao risco de transmissão. ( Via: JC ).

 

Voz da Mata Sul – em busca da informação.

Vereador Salatiel Cortez

COMMENTS

WORDPRESS: 0