Prefeitos do MDB enfrentam processos e comprometem credibilidade da legenda

Prefeitos do MDB enfrentam processos e comprometem credibilidade da legenda

Prefeito de Palmares volta a exercer cargo após decisão judicial
Câmara afasta prefeito de Palmares e abre processo de impeachment

Em tempos de população desacreditada na política brasileira, Pernambuco presencia cenário de descredibilidade no quesito gestão municipal. O MDB, sob o comando do deputado federal Raul Henry que o diga. O partido tem dois prefeitos sendo investigados por CPIs no Estado, o de Goiana, Osvaldo Rabelo Filho e o de Palmares, Altair Bezerra, um ano antes da eleição municipal. 

Em Goiana (RMR), a Câmara já deu entrada ao processo de impeachment  depois de investigar superfaturamento de um contrato firmado pelo município com uma empresa de coleta de lixo. Já em Palmares (Mata Sul), o prefeito está sendo investigado pela segunda vez em CPI e o pedido de cassação já foi protocolado na Câmara.

A primeira CPI, no início deste ano, investigou a falta de repasse do pagamento dos empréstimos consignados. O prefeito Altair chegou a ser afastado pela Câmara, mas retomou depois de entrar com mandado de segurança. O segundo inquérito, mais recente, trata de supostas irregularidades nos convênios e contratos com a Liga Desportiva dos Palmares.

Em ambos casos, as Câmaras contaram com a votação expressiva dos vereadores seja oposição ou situação. No caso de Palmares, inclusive dois vereadores do MDB-  Fernando Augusto Godoy- conhecido como Godoy de Bartor e Francisco da Natumel ambos do MDB votaram contra o prefeito Altair Bezerra e favorável à abertura da CPI. E nem o líder do governo na Câmara, Antônio Almeida – Toinho Enfermeiro ficou a favor do gestor.

Coincidência ou não, o MDB tem carregado um fardo e tanto com os acontecimentos políticos graves que envolvem seus dois filiados e administradores municipais, no entanto, a legenda não se pronuncia sobre o caso.

As comissões têm mexido com a opinião pública nas duas cidades, em decorrência, não apenas, do fato político, mas, sobretudo, pela representatividade econômica que ambas têm em sua região. Goiana com indústrias e polo automotivo e Palmares no setor da agroindústria e sua localização estratégica.

No retorno do legislativo municipal, na primeira semana de agosto, os pedidos de cassação e impeachment serão votados e um novo caminho será trilhado na história dos municípios.    

COMMENTS

WORDPRESS: 0