SC registra primeira neve do ano após temperatura despencar em todo o país.

SC registra primeira neve do ano após temperatura despencar em todo o país.

O primeiro local a ter pontos de neve registrados foi a serra do Rio do Rastro, entre as cidades de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra, às 2h.

Com a queda de temperatura registrada em todo o país, durante a madrugada desta terça-feira (10) os moradores de São Joaquim, Urubici e Leandro Müller

Pernambuco foi do boom ao caos em cinco anos
A cada 40 segundos, há um suicídio no mundo.
Divulgada a programação completa do Festival de Inverno de Garanhuns.
Receita abre consulta a terceiro lote de restituição do Imposto de Renda
Motorista leva multa de trânsito por dirigir moto sem cinto de segurança

Com a queda de temperatura registrada em todo o país, durante a madrugada desta terça-feira (10) os moradores de São Joaquim, Urubici e Leandro Müller, na Serra Catarinense, presenciaram a primeira neve do ano, segundo o Climatempo.

O primeiro local a ter pontos de neve registrados foi a serra do Rio do Rastro, entre as cidades de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra, às 2h. Durante a madrugada e parte do amanhecer, as cidades de Urupema, São Joaquim, Bom Jardim da Serra, e em Urubici também tiveram registros de acúmulo de neve. A umidade e as baixas temperaturas contribuíram para o acúmulo.

Nas redes sociais, moradores da região aproveitaram o momento para gravar vídeos e tirar fotos do fenômeno. Placas de trânsito, carros e até mesmo a vegetação foi encoberta pela neve. Desde o início do inverno, no dia 21 de junho de 2018, baixas temperaturas foram registradas na região da Serra Catarinense.

Ao UOL, Josélia Pegorim, meteorologista da Climatempo, explica que o que chamou a atenção desta vez dos especialistas desta vez foi a formação e acúmulo de neve. “Neste ano já havíamos tido geada e chuva congelada que parece neve, mas hoje foi a primeira vez no ano que vimos nevar”, diz.

Segundo Josélia, para haver neve é necessário que haja uma atmosfera muito fria e, também, bastante umidade no ar. “Ontem à noite nós tivemos um sistema de baixa pressão atmosférica. O vento da região e o ar polar que veio da Antártida avançou para a Argentina e chegou no Brasil na região de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e o Paraná, formando assim nuvens e cristais de gelo”, explica.

FAINTVISA - FACULDADE DA VITÓRIA

De acordo a meteorologista, não deve mais nevar durante o dia de hoje no Sul do país. No entanto, as baixas temperaturas devem continuar, com a tendência de ar mais seco na região. É possível que haja formação de geada na região de Curitiba e a região Sudeste pode ser afetada: é possível que São Paulo tenha, hoje, a tarde mais fria registrada em 2018.Nesta terça-feira (10), temperaturas devem variar entre 2ºC e 8ºC em São Joaquim, segundo o Climatempo. Em Urubici, a mínima é de 3ºC e a máxima é de 7ºC. Já em Lauro Müller, a mínima deve ser de 10ºC e pode chegar aos 15ºC.

Amélia Aparecida de Souza, de 50 anos, é proprietária da Pousada Amélia, localizada em Urubici, que existe há cinco anos na região. Ela explica que a expectativa é de que, nos próximos dias, aumente a procura de hóspedes na região graças às baixas temperaturas. “Em comparação com outros anos a alta temporada está sendo um fracasso, esperamos que as pessoas procurem mais por hospedagem de agora em diante”, disse.

Valdir Machado, de 55 anos, proprietário da Pousada Beira Rio, que fica em Lauro Müller, afirma que a sensação térmica, neste ano, foi menor do que nos outros anos. “Estamos usando aquecedor, ar condicionado e lareira para tentar driblar o frio”, diz. Assim como Amélia Aparecida, a expectativa de Valdir é que aumente o turismo local.( fonte: uol.)

 

 

Voz da Mata Sul – Em buscar da informação.

Vereador Salatiel Cortez

COMMENTS

WORDPRESS: 0