Secretaria de Saúde de Cortês emite nota sobre o aumento dos casos de Covid-19 no município

Secretaria de Saúde de Cortês emite nota sobre o aumento dos casos de Covid-19 no município

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém é adiada para setembro
São Paulo registra primeira morte por coronavírus e investiga outras quatro

A Secretaria de Saúde de Cortês, emitiu um Nota informando o motivo do aumento dos casos do novo coronavírus no município, que em boletim divulgado nesta sexta-feira (12) conta com 78 casos positivos, sendo que 09 são óbitos e 52 foram recuperados, restando 17 casos atualmente.

Na nota a secretaria informa que no inicio os testes eram feitos apenas em estado grave e pacientes hospitalizados, ao decorrer da pandemia a secretaria recebeu poucas unidades de testes para serem realizados nos profissionais de saúde e seguranças que estava na linha de frente, trabalhando para salvar vidas.

A secretaria diz ainda que, quando os testes rápidos para covid-19 começaram a chegar ao município de Cortês, acompanhado por a Nota Técnica que orientava o seu uso para os profissionais de saúde e segurança pública, mesmo assim, a Secretaria de Saúde avaliou a necessidade de testar, com critério, os pacientes que estavam apresentando os sinais e sintomas suspeito de Covid-19.

Com os testes sendo realizados em pacientes ainda com os sintomas iniciais, foi possível identificar e agir contra a doença ainda no estágio mais leve para intervir segundo o protocolo de isolamento e medicação visando a redução dos óbitos. Com o intuito de prestar assistência médico-hospitalar foi construída uma ala específica para Covid-19 no HSAF ou no monitoramento pelos PSF e até transferência para Hospital de referência para pacientes graves.

“Durante os últimos dias, recebemos um número razoável de testes rápidos. As pessoas estão começando a serem testadas para buscar se tivemos um número significativo ou não de pessoas que já tiveram contato com o vírus. Desta forma, racionalmente, se testamos mais, surge a possibilidade de obtermos mais testagens positivas. Temos tido um progressivo número de casos positivos, isso faz parte da epidemia, pois antes da testagem e segundo os estudiosos, havia uma subnotificação dos casos dificultando uma análise do perfil epidemiológico do município. Com o aumento do número de testes, identifica-se onde se concentra o maior número de casos por localidade, e uma melhor resposta das ações da Secretaria de Saúde.” concluiu.

LEIA A NOTA NA INTEGRA!

“No início da pandemia, tanto a OMS quanto o Ministério da Saúde ressaltavam a importância de testar toda a população sintomática para COVID-19, para tomadas de decisões no enfrentamento da doença, mas a falta de insumos dificultava tal ação. Restringindo os testes somente para os casos graves e pacientes hospitalizados.

Ao decorrer da pandemia foi possível disponibilizar os testes para os profissionais de saúde e segurança na preocupação com os nossos profissionais que estão na linha de frente para que o diagnóstico, seja ainda, quando o caso leve e que se possa intervir para não chegar aos casos graves.

Quando os testes rápidos para covid-19 começaram a chegar ao município de Cortês, acompanhado por a Nota Técnica que orientava o seu uso para os profissionais de saúde e segurança pública, mesmo assim, a Secretaria de Saúde avaliou a necessidade de testar, com critério, os pacientes que estavam apresentando os sinais e sintomas suspeito de Covid-19.

Com a testagem e surgimentos de casos positivos foi possível a Secretaria replanejar as medidas de promoção, intervenção e cuidados com os munícipes, sendo eles, de casos leves a graves, com o intuito de prestar assistência médico-hospitalar em uma ala específica para Covid-19 no HSAF ou no monitoramento pelos PSF e até transferência para Hospital de referência para pacientes graves..

Com a oferta de um número maior de testes rápidos pelo MS e SES/PE, a Secretaria vem desenvolvendo ações de ampliação dos testes na população com o objetivo de identificar a doença ainda no estágio mais leve para intervir segundo o protocolo de isolamento e medicação visando a redução dos óbitos.

Durante os últimos dias, recebemos um número razoável de testes rápidos. As pessoas estão começando a serem testadas para buscar se tivemos um número significativo ou não de pessoas que já tiveram contato com o vírus. Desta forma, racionalmente, se testamos mais, surge a possibilidade de obtermos mais testagens positivas.

Temos tido um progressivo número de casos positivos, isso faz parte da epidemia, pois antes da testagem e segundo os estudiosos, havia uma subnotificação dos casos dificultando uma análise do perfil epidemiológico do município. Com o aumento do número de testes, identifica-se onde se concentra o maior número de casos por localidade, e uma melhor resposta das ações da Secretaria de Saúde.

Estamos juntos nessa luta contra esta doença, e temos que usar as armas que nos é fornecidas como os testes rápidos, protocolos, Notas  Técnicas, profissionais de saúde entres outras ferramentas disponíveis em prol dos nossos munícipes para evitar casos graves e óbitos, promovendo o bem estar a toda população Cortensense.”

COMMENTS

WORDPRESS: 0