Superlua, Lua de Sangue e Lua Azul ao mesmo tempo esta quarta.

Superlua, Lua de Sangue e Lua Azul ao mesmo tempo esta quarta.

A simultaneidade não ocorre há mais de um século, porém não poderá ser vista do Brasil

Esta quarta-feira (31) irá ocorrer uma coincidência rara. Ao mesmo tempo, acontecerão três fenômenos lunares: Superlua, Lua de Sangue e Lua Azul. A si

Príncipes, princesas e até imperador: quem são e o que faz a Família Imperial Brasileira?
Homem declarado morto por três médicos acorda na mesa da autópsia.
Casal morre na mesma UTI em SP após 50 anos juntos
Novo aplicativo de Edward Snowden transforma celular em sistema de monitoramento.
Cidades da Mata Sul e Agreste não conseguiram ver a “Lua de Sangue”.
FAINTVISA - FACULDADE DA VITÓRIA

Esta quarta-feira (31) irá ocorrer uma coincidência rara. Ao mesmo tempo, acontecerão três fenômenos lunares: Superlua, Lua de Sangue e Lua Azul. A simultaneidade não ocorre há mais de um século, porém não poderá ser vista do Brasil.

A Lua Azul, ao contrário do que se imagina, não se refere à coloração do satélite e, sim, a sua periodicidade – a segunda lua cheia no mesmo mês. “Ocorre a cada dois ou três anos, já que o ciclo da lua é diferente ao ciclo da terra, contabilizado pelo calendário gregoriano. Então, em vez de 12 luas cheias em um ano, temos 13”, explicou Cleiton Batista, coordenador do Observatório Astronômico do Alto da Sé, em Olinda.

Já a Superlua acontece quando, astronomicamente, a lua se encontra no perigeu, ou seja, no ponto de aproximação máximo atingido pelo satélite na órbita do planeta. Devido à proximidade, o astro chega a se apresentar 14% maior e 30% mais brilhante. Por fim, a Lua de Sangue se refere ao tom avermelhado adquirido durante um eclipse em forma total.

Brasil
Do Brasil, segundo Cleiton, não poderemos observar a Lua de Sangue, que só será vista no extremo norte da terra. “O que veremos é uma quase superlua”, disse. Os melhores locais para a observação serão na América do Norte, Oriente Médio, Ásia, Rússia Oriental, Austrália e Nova Zelândia.

O Observatório de Olinda cancelou a programação de observação, a partir desta terça (23), devido à interdição do local devido à organização da cidade para o Carnaval. ( via: FolhaPE)

 

Voz da Mata Sul – em busca da informação.

Vereador Nidinho da Saúde

COMMENTS

WORDPRESS: 0