Temer avalia liberar FGTS para trabalhador quitar dívidas

Governo sanciona lei que obriga uso de farol baixo em estradas
Estudo diz que não há mulher hétero; é “bi” ou homossexual

Quitar o endividamento de empresas e consumidores está entre as metas do governo Michel Temer. O presidente em exercício estuda autorizar o saque de uma parcela do FGTS para trabalhadores quitarem suas dívidas. Outra medida é a liberação de recursos que os grandes bancos depositam obrigatoriamente no Banco Central.

De acordo com a Folha de S. Paulo, as propostas precisam de um acerto final entre Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Um dos motivos que prejudicam o crescimento do Brasil, segundo especialistas, são as dívidas de empresas e consumidores.

Uma pesquisa do Serasa Experian, apontou que havia 59,3 milhões de inadimplentes no país em agosto, o que representa cerca de 40% da população acima de 18 anos.

COMMENTS

WORDPRESS: 0