Tornozeleira eletrônica é encontrada em pata de cavalo no interior do PR.

Tornozeleira eletrônica é encontrada em pata de cavalo no interior do PR.

Um caso no minimo curioso aconteceu no Paraná nesta quinta-feira (28), a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do estado retir

População amarra prefeito que não cumpriu promessas na Bolívia.
Drone flagra criança mergulhando com quatro tubarões.
Novo aplicativo de Edward Snowden transforma celular em sistema de monitoramento.
Homem declarado morto por três médicos acorda na mesa da autópsia.
Casal morre na mesma UTI em SP após 50 anos juntos
FAINTVISA - FACULDADE DA VITÓRIA

Um caso no minimo curioso aconteceu no Paraná nesta quinta-feira (28), a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do estado retirou  uma tornozeleira eletrônica instalada na pata de um cavalo em Ponta Grossa (PR).

Em nota, a secretaria afirmou que o aparelho estava desativado desde fevereiro. O detento responsável pelo equipamento “perdeu o benefício e cumpre pena em regime semiaberto”. O nome dele não foi divulgado.

“O indivíduo que recebe o benefício da tornozeleira eletrônica é monitorado dia e noite e não pode tirar o equipamento para dormir e nem para tomar banho. Tampouco pode ultrapassar uma área restrita determinada pela Justiça –caso o faça, o dispositivo com tecnologia GPS vibra, emite sons de alerta e comunica a violação à central de monitoramento”, diz a nota.

Sete Estados apresentaram esse ano falta de tornozeleira eletrônica para monitorar seus detentos. Fabricantes se queixavam de atraso nos pagamentos em razão da crise fiscal dos governos.

Via: Folha de S. Paulo.

Voz da Mata Sul – em busca da informação.

Vereador Nidinho da Saúde

COMMENTS

WORDPRESS: 0